Imagens do CSI podem ser solicitadas pela população
Atualizado em 11/06/2024 - 13:39
Representantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública visitaram o CSI e a sede da GCM
O CSI é uma área de acesso restrito, mas é possível fazer uma visita através do Programa City Tour São José ou por meio de empresas ligadas ao Parque de Inovação Tecnológica - Foto: Divulgação

Paula Paz
Secretaria de Proteção ao Cidadão

Desde sua inauguração em abril de 2021, o Centro de Segurança Integrada (CSI) tem se destacado pela implementação de novas câmeras inteligentes e tecnologia de reconhecimento facial em toda a cidade. Esse avançado equipamento tecnológico contribui para a eficácia da segurança, defesa civil, mobilidade urbana e abordagens sociais.

As imagens captadas pelas câmeras inteligentes podem ser requisitadas pela população para esclarecer acidentes de trânsito, contestar multas, monitorar a limpeza urbana e localizar pessoas e pets desaparecidos.

Além de monitorar veículos, a capacidade de reconhecimento facial e objetos das câmeras do CSI registrou mais de 2.464 ocorrências, resultando na detenção de 1.146 suspeitos e captura de 236 foragidos da justiça.

O sistema foi reforçado com mais de 1.200 câmeras inteligentes e 340 portais eletrônicos, todos equipados com tecnologia de reconhecimento OCR e Inteligência Artificial, que monitoram a cidade 24 horas por dia. Com mais de 270 mil veículos circulando diariamente, o sistema lê mais de 3 milhões de placas, recuperando 581 veículos desde abril de 2021.

O CSI é uma área de acesso restrito, mas é possível agendar uma visita através do Programa City Tour São José ou por meio de empresas ligadas ao Parque de Inovação Tecnológica, conforme a disponibilidade. O Centro tem recebido aproximadamente 1.500 visitantes por ano. 

Tecnologia do CSI

  • 1.200 câmeras inteligentes
  • Reconhecimento facial
  • Rastreamento de pessoas, objetos e veículos
  • Detecção de movimento
  • Monitoramento de tempo de permanência
  • Implantação de pontos remotos de acesso nas sedes de todas as forças de segurança que atuam no município
  • Interligação de sistemas

As câmeras podem capturar imagens a uma distância de até 5 km, dependendo da ausência de obstáculos. Muitas operam em alta definição (HD) e algumas em 4K, garantindo clareza e detalhamento das imagens.

Visitas

Equipe da Polícia Civil do RJ em visita ao CSI | Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (10), o Centro recebeu a equipe da Secretaria de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, incluindo Jéssica Oliveira, Assessora de Planejamento; Diego Rissi, Diretor do Centro de Estudos e Pesquisas Forenses; Denilson Siqueira, Assessor da Superintendência de Polícia Científica; Cyro Barros, Diretor de Tecnologia da Informação; Gustavo Saldanha, Assessor do Centro de Estudos; Ricardo Barcellos, Diretor Regional da Polícia Científica Sul Fluminense; Andrea Menezes, Superintendente de Polícia Científica; Waldyr Oliveira, Diretor Geral de Polícia Científica; e André Drumond, Coordenador do Programa de Transformação Digital.

Como solicitar as imagens

Para ter acesso às imagens, o cidadão deve fazer uma solicitação por meio de protocolo pessoalmente na Prefeitura ou através do Prefbook. O Prefbook oferece o acesso online a vários serviços, sem a necessidade de deslocamento até uma unidade da Prefeitura e pode ser acessado via computador, celular e tablet em www.sjc.sp.gov.br/prefbook.

A solicitação é analisada e, conforme o pedido, pode ser disponibilizada. Em caso de registros de ocorrências de furto, as imagens são disponibilizadas para a polícia.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Proteção ao Cidadão

×